quarta-feira, 13 de julho de 2011

O que passa despercebido.

Algo de tempos passados ou até mesmo de séculos passados, nos impressionam por sua beleza e pelo interesse em conhecer mais sobre o que esse "algo" quer nos mostrar, que por trás disso podem estar uma cultura, uma crença ou uma sociedade desconhecida. Mas você mesmo, que tão digno diz que tem o interesse em conhecer mais sobre o "algo" não sabe se isso irá permanecer dentro si por muito tempo. A partir de então o que era de impressionarmos já não passa ser tão importante para nossa história. Mas concerteza, aquilo deve representar algo precioso ou não para um povo ou um índividuo. A esperança desse algo, é que existem pessoas que reconhece ou passam a gostar disso e quer usar como lembrança dos tais velhos tempos. É onde devemos reconhecer que só queremos consumir o que é novo e deixar pra trás o que foi de príncipio importante para estar como estamos.

1 comentários:

Lucas D.F. disse...

assim que é.. infeliz mente
o novo facina o velho é descartado
ate os humanos se tratam assim...
gostei do blog e da trilha muito bom gosto
http://meninos-cor-de-rosa.blogspot.com/

Postar um comentário

 

Copyright © 2011-2012 Todos os direitos reservados Equilíbrio Necessário | by TNB